top of page
  • Foto do escritorClara Aguiar

Psicoterapia e as ações terapêuticas

Se você frequenta assiduamente a internet, muito provavelmente já ouviu falar na trend "mostre aquilo que não é terapia mas é terapêutico" na rede do Instagram. Segundo o dicionário Oxford de linguagens, terapêutico vem daquilo que é "relativo a terapêutica; que tem propriedades medicinais, curativas". Em um cenário onde a discussão sobre o autocuidado emerge, é importante compreendermos e aprendermos a diferenciar aquilo que pode ser considerado terapêutico do que é a ação terapêutica propriamente dita.

Na psicologia, costumamos pensar nos chamados fatores de risco e fatores de proteção para denominar condições ou variáveis ambientais, biológicas, socioculturais ou genéticas que podem agir (ou não) em favor do desenvolvimento psicológico do sujeito. E como aquilo que eu considero terapêutico se encaixa nisso, psi? Os compromissos adquiridos para o seu bem-estar podem ser diversos: a prática de uma atividade física, viajar, estar em contato com amigos, meditação, um momento de lazer, uma relação sexual, uma rotina de higiene e cuidados com a pele... enfim, um comportamento saudável e que faça sentido para você pode ser considerado um fator de proteção para a sua saúde mental, portanto, terapêutico!

As ações terapêuticas surgem como uma estratégia de cuidado em saúde que possuem quatro pilares de sustentação teórico-prática: o acolhimento, a escuta, o suporte e o esclarecimento. As ações terapêuticas, no entanto, exigem uma atuação do sujeito da área da saúde para que o vínculo de cuidado estabelecido seja bem estruturado através das teorias psicoterápicas. A premissa de que nem toda escuta é qualificada é válida, e isso também vale para o suporte e o acolhimento. Os momentos terapêuticos são muito positivos e devem fazer parte da rotina, porém não são substitutivos do atendimento em saúde mental. Se conhecer, compreender as suas necessidades e limitações também são passos importantes para o resgate do autocuidado. E por ai, como você tem se cuidado?

6 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page